domingo, janeiro 24, 2010

Sobre um lago de fogo

Neste lago de fogo sou o exemplar
Exclusivamente o meu eu...Único, raro e solitário
Onde, por entre ramos,achei que fosse continuar
Continuo o meu caminho solidário

É sobre um lago de fogo que te vou encontrar
Chama que se atreve a arder mais alem
Encontro-me num estado singular
Quem olha nada vê, quem sente olha também

Venho a descobrir algumas afinidades
E sobre este lado do fogo, sinto-me impaciente
Não sei se pelo teu beijo...que saudades
Se pelo teu sorriso resplandecente

Sobre um lago de fogo
"Fogo que arde sem se ver"(...)
Já o poeta dizia sem o temer
É uma forma de vida, de viver


Abraço-te
Foto : http://br.olhares.com/sobre_um_lago_de_fogo_foto360278.html

12 comentários:

  1. Lindissimo poema...inspiração à flor da pelo, gostei muito.

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  2. Ahhh!! O fogo do amor. Estou com saudades de todas essas sensações. Th me sentindo vazia e oca. Sabe, sou daqueles tipos de pessoas passionais, que tem necessidade de estar apaixonada, com o coração acelerado, a respiração ofegante...
    Enfim, o ano está apenas começando.
    Abraço-te também!
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  3. O fogo rima sempre muito bem com o Amor.
    Ambos nos aquecem... corpo e a alma!

    ResponderEliminar
  4. Admirável Poeta Amigo:
    Um soberbo poema de amor que escreveu.
    "...Venho a descobrir algumas afinidades
    E sobre este lado do fogo, sinto-me impaciente
    Não sei se pelo teu beijo...que saudades
    Se pelo teu sorriso resplandecente..."

    Olhe, amigo, tem uma sensibilidade extraordinária. Perfeito o seu sentir pelas musas de sonho.
    Brilha e cintila na ternura delas.
    Adorei. Majestoso e dotado de um talento inconfundível de maravilhá-las e encantá-las.
    Adorei. Fabuloso.
    Abraço amigo de respeito e enorme estima.
    Sempre a admirá-lo e a lê-lo atentamente.

    pena

    Bem-Haja, poeta amigo.
    É repleto de pureza enorme e gigantesca!
    Parabéns.

    ResponderEliminar
  5. lagos de fogo são pingos de desejo-paixão que flutuam, algures, entre ti e quem abraças. :)

    um sorriso

    (achei piada quanto a teres aí a praia em mim no teu blogroll)

    ResponderEliminar
  6. Cada palavra respira poesia... gostei de mergulhar no sentimento deste poema e sentir todo o seu perfume e encanto...

    Com amizade
    Luis

    ResponderEliminar
  7. Parabéns, amigo extraordinário.
    Gosto muito da forma como verseja com beleza, coração ENORME e requinte muito apurado.
    Bem-Haja.
    Abraço amigo de imenso respeito e admiração pelo seu brilhante talento.

    pena

    Bem-Haja, pelo dom que possui em si: ENCANTA!
    É uma honra ser seu amigo.

    ResponderEliminar
  8. A fotografia é bela. Branco imaculado sobre um vermelho vivo. É um contraste diferente, é mesmo um lago de fogo... e o fogo está relacionado com a paixão, a coragem e a determinação.
    Por isso, mesmo que tenha de esperar, valerá a pena se for por Amor.
    beijinhos, bom fim de semana
    ~universosquestionáveis~

    ResponderEliminar
  9. Boas tardes - pois é - se ue conseguisse já tinha mudado de operadora - acredita!!! Kanguru não dá. Tmn muito menos. Vodafone liga a 2 G mas é mais lenta que um caracol - cabo só se for da vassoura! Por isso eu vou aguentando os senhores da PT. Beijocas . Obrigado à mesma.

    ResponderEliminar
  10. Passei por aqui para rever este apelativo espaço. É sempre com muito prazer que o faço (ah! gostei muito deste poema). Abraço

    ResponderEliminar
  11. .

    . sobre um lago de fogo .

    . partilho.te . partilho.me .

    . no poema teu em que me re.inscrevo .

    . de dedos tarsos na prece que tece o teu verbar .

    . uma boa semana .

    . abraço.te .



    . paulo .

    .

    ResponderEliminar

Abraço-Te