terça-feira, fevereiro 24, 2009

Fragmentos

São estes pequenos fragmentos
penso que por momentos
me fazem escrever
dedico a alguém 
dedico a ti

Ao infinito poeta que reside dentro de mim
é verdade, é dedicado a ti...
Porquê ? O que posso responder... Enfim
Sou eu que te escrevo assim

A quantos falo de ti a verdade
A alguns a surpresa é geral
A outros pela minha sensibilidade
Não há surpresa, dizem... é normal

E escrevo ao poeta da minha razão
de um modo apaixonado,
intimo e particular com a profunda admiração 
Por nunca te ter abandonado

Serás tu a dizer ou a afirmar...
O quanto errado estou,
E resolves me questionar...
"Não terá sido eu que te abandonou ?"

Não percebo a questão
Não tens base nem fonte
Permaneço no meu limite do horizonte
E nele também a minha razão

Tens me acompanhado na minha inspiração
Escreves quando eu apenas me deixo levar
Pelas tuas palavras, pelo teu coração
permites que desenvolva o teu AMAR

E eu...deixo-me levar nos teus sentimentos
a minha sensibilidade que se cruza
com os teus/meus/nossos momentos
Não é a minha historia de amor, quem acusa

É o reconhecimento, sou fruto da tua própria criação
E por isso dedico a ti, ao poeta que há em mim
Estes Fragmentos

JustMe
Quadro "steve walker-silence-2001"

7 comentários:

  1. As palavras são como o acúcar para o doce e o sal para o salgado. Surgem quando são necessárias...

    ResponderEliminar
  2. Ser um bom fruta da imaginação, é um passo para se ter algo mais que casca.

    *Hugs n' smiles*
    Carlos

    ResponderEliminar
  3. Suas palavras me fazem viajar...

    Beijossss

    ResponderEliminar
  4. Gostei deste texto...e porque se chama Fragmentos dá-me sempre que pensar (porque será?)!
    Independentemente da inspiração ser fruto de algo interior ou provir de algo exterior a ti, o importante é teres a noção que ela está presente e o resultado está à vista.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  5. Dediquei a ti o troféu do amigo.
    Está postado no meu blog de selos, no link:
    http://selos-borboletasnoestomago.blogspot.com/.

    Por lá também encontram-se outros selos.
    Fique a vontade para pegar ou não.

    Bj grande

    ResponderEliminar
  6. A poesia rasgando a dimensão do sentir

    A intimidade, alargada ao mundo,
    na criação das palavras que volteiam,
    aconchegam e libertam.

    Fracções em sentido Maior.


    Just you.

    ResponderEliminar

Abraço-Te