sexta-feira, junho 18, 2010

Uma Passagem

Escrevo em ti
Achas que sem sentido
não quero dizer que não senti
Algo que não seja definido
Em ti...
Escrevo do simples nada
Inicio sem perceber
Faço-o de forma desnaturada
Apenas escrevo por escrever
Do nada...
Escrevo sem dizer
Sem principio, sem fim
O que não está a acontecer
é uma forma de entendimento assim
Sem dizer...
Escrevo retendo uma passagem
Escrita por mim
Como se fosse uma miragem
E pode ser tudo enfim
Uma passagem...
Escrevo para me expressar
É a vontade,a liberdade
E Abraço-te sem te Abraçar

Abraço-te

11 comentários:

  1. Meu querido
    Lindo poema, muito sentido.

    E pode ser tudo enfim
    Uma passagem...

    Verdade mesmo.

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  2. Que bela forma de expressão, em poucas palavras, palavras ricas de sentimento..
    belo poema como sempree
    Um grande abraço

    ResponderEliminar
  3. Um poema muito bonito, sem dúvida.. informal, livre, forte. Parabens *
    E ja agora, gosto da musica também.

    ResponderEliminar
  4. ... e expressaste-te aqui muito bem!

    belo poema, livre como o pensamento!

    gosto da música de fundo!

    grande abraço

    ResponderEliminar
  5. Abraço te...sem te abraçar...tenho te...sem te ter...
    Beijo d'anjo

    ResponderEliminar
  6. poema muito gostoso de ler, com linhas muito bem arquitetadas.

    ResponderEliminar
  7. Gostei.
    Expressas sentimentos múltiplos, por vezes confusos, mas que te definem e te ajudam a compreender o sentido da vida.

    ResponderEliminar
  8. Que lindo poema...Poeta...
    Escrever nos possibilita infinitamente a tudo...
    até abraçar sem abraçar... e eu aceitar este seu abraço e ficar na esperança que aceites o meu também...
    Estou a seguir teu blog...muito lindo aqui...
    Doce tarde pra ti!
    Valéria

    ResponderEliminar
  9. Lindíssimo poema ...Gostei de todo o blog ... logo gostei de você e me coloquei, ousadamente como seguidora ...

    beijos

    ResponderEliminar

Abraço-Te