segunda-feira, agosto 20, 2012

Amo-te


Amo-te...
Poderia ter dito tanto e no entanto...
Assim foste apesar de todos os meus argumentos
Foste sem olhar para trás e deixaste-me num pranto
Não me viste, não olhaste pro meus sentimentos
Amo-te...
Sim, reconheço que não te disse o quanto te amava
Não te falei do sofrimento que passava
E fiquei sem alternativa, senão ver-te partir
E disfarcei o sofrimento com o meu mau sorrir
Amo-te...
Fica comigo, deveria te dizer
Acolhe esta alma perdida
Seria também algo a dizer
mas...agora a saudade leva-me a este ponto sem saída

Palavras perdidas na ultima Primavera...
Abraço-te

5 comentários:

  1. Um poema tão lindo, quanto sentido!
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  2. Por vezes as palavras ficam por dizer e quando sentimos que as deveriamos ter dito muitas vezes é tarde.

    Abraço-te
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  3. With my motorised product, I can program the blinds or curtains to open at a specific time in the morning. http://rvpr8dbpl9.dip.jp http://2a1pf437yf.dip.jp http://2b2smj5rfw.dip.jp

    ResponderEliminar

Abraço-Te