segunda-feira, junho 16, 2008

Profundo

Sinto o teu olhar Profundo
Sinto-me transparente
Consegues ver a minha alma
Ferida e triste
Consegues...

É nesse olhar profundo
Que me tentas descobrir
É nesse olhar profundo
Que te escondes

Despe-me se fores capaz !!!
Despe-me da minha alma
Despe-me dos meus preconceitos
Despe-me das impurezas entranhadas na minha solidão
Despe-me de ti e de tudo o que sinto por ti...

É nesse olhar que não quero estar
É nesse olhar que não quero ser visto
É nesse olhar profundo...
Que entras dentro de mim
Que cortas todas as raizes de ti em mim
E continuas a sementar outras

Não o faças!!!...
Não quero ser renovado por ti
Quero acabar com todas as tuas sementes
Quero matar esse olhar profundo
Quero despir-me de TI...


JustMe
Abraço-te
"table for one (spirit of man II )-Steve Walker"

5 comentários:

  1. profundo, muy profundo, vengo a agradecerte tu visita a mi blog y tu comentario. Joaquin duarte que casualidad no?

    ResponderEliminar
  2. o perigo oculto dos espelhos.



    .

    obrigada pela visita.

    ResponderEliminar
  3. Obrigado...

    Até pode ser tb de mim proprio...



    JustMe

    ResponderEliminar

Abraço-Te