quarta-feira, julho 23, 2008

O Mar...

Vejo-te no horizonte
sinto a tua bravura
sinto o teu bem estar
recordo o teu sorriso
revivo o teu olhar

Sinto na pele
...As tuas ondas de amor
...As tuas ondas cristalinas
...Que me prendem a vontade
...Que me prendem a verdade
...Que me prendem a saudade

Partes do teu leito
contra a minha existência
criticas a minha presença
porque aqui não devia estar
Não estou onde quero
Não estou como quero
perdi-me no meu rumo


Mas...
Lá chegarei

Perco-me no teu horizonte
No teu leito, na tua imensidão...
Confundo-te com o céu
Confundo-te com a vida
Somos todos um mar de estrelas
Somos todos um céu de algas
é o nosso viver...

Inesperada, impaciente, desesperada no seu viver
Provocadora, confiante, incerto é o seu viver
Vontade, Coragem, Vitoriosa é o dia a dia

É a vida...
De quem se encontra
De quem quer viver
Intensamente e credível do seu rumo
O renascimento de uma estrela
Que nos ilumina no seu céu
Que nos indica o caminho
Que nos apareceu...

E pergunta, a medo...
- Percebes?
Respondo sem pensar...
- Não
E afirma sem hesitar...
- Descobre

Assim é a própria vida...
é um constante descobrir
É a inesperada ocasião
É a hora, é o tempo, é porque tem de ser
É o destino do nosso Viver...


JustMe
"Unfinished Men (Self Portrait) - Steve Walker "

Sem comentários:

Publicar um comentário

Abraço-Te